top of page

62% das buscas de imóveis para compra e locação são feitas por mulheres, mostra pesquisa

Pesquisa do DataZap+ apontou que as mulheres foram o principal consumidor do mercado imobiliário no ano passado


As mulheres são as que mais buscam imóveis para compra e locação. Uma pesquisa do DataZap+ apontou que elas foram responsáveis por 62% dos imóveis buscados no ano passado.


Considerando que as mulheres foram o principal consumidor do mercado imobiliário, a diferença salarial entre homens e mulheres é um sinal de alerta, segundo a economista do DataZAP+ Larissa Gonçalves.


“De acordo com a RAIS (2021), 60% dos trabalhadores com ensino superior são do gênero feminino, porém, mesmo com o aumento da capacitação desse grupo, a renda média delas é proporcionalmente inferior à masculina. Ao explorar dados de remuneração no Brasil, considerando o mesmo grau de instrução, nota-se que o salário das mulheres é 32% menor do que a média masculina”, explica.


Diferença salarial também se encontra no setor imobiliário


O DataZap+ destaca ainda que os avanços do mercado imobiliário nas últimas décadas para ampliar a participação feminina no setor são evidentes. Porém mesmo com esses esforços ainda há muito a ser trabalhado. Ao avaliar setores específicos do setor, como o caso da construção civil, por exemplo, as vagas ainda são majoritariamente ocupadas por homens. Até 2021, segundo dados da RAIS, somente 10,9% dos trabalhadores eram do sexo feminino.

Na outra ponta do mercado, temos maiores indícios de avanços nos serviços ligados à atividade imobiliária com foco na intermediação de compra, venda e locação de imóveis, com a presença das mulheres chegando a 50,5% (RAIS, 2021). Ao considerar profissionais do setor que têm ensino superior completo, a participação feminina é ainda maior, de 64%. No entanto, a diferença proporcional dos salários cresce e a média de remuneração feminina se torna 41% menor do que a masculina.

FONTE: exame.com/mercado-imobiliario

Commentaires


bottom of page