top of page

Acompanhe o calendário das datas importantes para o comércio no segundo semestre

Empresas que adotarem estratégias personalizadas no planejamento podem se beneficiar

Os empresários iniciam o segundo semestre do ano com boas expectativas quanto ao desempenho das vendas. A empolgação com os feriados e as datas comemorativas muito se deve aos dados referentes às vendas do varejo paulista no primeiro trimestre de 2023, que atingiram R$ 281 bilhões, alta de 6,2% em comparação ao mesmo período de 2022, como aponta a Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista no Estado de São Paulo (PCCV).

Por isso, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) elaborou um calendário com as principais datas comemorativas do segundo semestre para ajudar o empresário a estimular as vendas.

As estratégias personalizadas para cada ocasião podem englobar conteúdos nas redes sociais para divulgar produtos e serviços, além de promoções focadas em públicos específicos e textos informativos, com o objetivo de aumentar o engajamento dos clientes e o número de seguidores.

Confira, a seguir, os destaques e as oportunidades de cada mês.

Julho

*Momento de fazer um balanço do primeiro semestre identificando pontos fortes e fracos da operação e obter um diagnóstico completo do estoque e das finanças.

*Como ainda há um consumo reprimido de turismo e lazer por causa da pandemia, o mês (de férias escolares) deve ser bom para o comércio de regiões turísticas.

*Para segmentos como o de lojas de vestuário, tecidos e calçados, também é importante fazer um balanço das vendas de inverno para não correr o risco de ficar com o estoque parado com produtos sazonais.

*Embora tenham um potencial menor de alavancar as vendas, alguns nichos podem aproveitar o Dia Mundial do Rock (13) ou o Dia do Homem (15) para realizar ações promocionais.

Agosto

*O Dia dos Pais é a primeira data do segundo semestre que deve movimentar o comércio, embora com menor apelo em relação ao Dia das Mães ou dos Namorados. Itens de vestuário, calçados e acessórios são os preferidos na hora de presentear, mas segmentos como o de eletrônicos e de ferramentas também costumam ser beneficiados.

*O segmento de bares, restaurantes e adegas pode aproveitar o Dia Internacional da Cerveja (4) para ações promocionais.

*Já o segmento de eletrônicos e jogos pode explorar o Dia Internacional do Gamer (29).

Setembro

*No mês da Independência, a dica é aproveitar a Semana do Brasil. Vale ressaltar que o evento não fica restrito ao varejo e deve ser explorado pelo setor de serviços — estética, beleza, turismo, cursos etc.

*Além disso, no dia 15 se celebra o Dia do Cliente, oportunidade para oferecer descontos e/ou brindes e fidelizar público.

*No dia 23, começa a primavera, muito bem explorada pelo segmento de vestuário.

Outubro

*O Dia das Crianças deve movimentar o comércio de brinquedos e lojas de departamentos e roupas infantis. O segmento de eletrônicos também pode se beneficiar.

*O Halloween no fim do mês (31) — ou Dia das Bruxas —, que tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil, vai beneficiar o setor de fantasias.

*Além disso, o comércio deve intensificar os preparativos para a Black Friday. Aqui cabe uma avaliação do quadro de funcionários tanto quanto ao desempenho como em relação à quantidade da equipe, já que em outubro começa o período de contratação de temporários para o fim do ano.

*Do ponto de vista de responsabilidade social e preocupação com o cliente, campanhas que mencionem o Outubro Rosa, mês de conscientização sobre o câncer de mama, são bem-vindas.

Novembro

*Neste ano, a Black Friday cairá no dia 24. A dica da FecomercioSP é que o empresário explore a data durante todo o mês para obter melhores resultados. Campanhas do tipo “Black November” e ofertas antecipadas já na primeira quinzena são bem-vindas. Atenção redobrada aos estoques, à qualidade no atendimento, aos canais de venda online e ao prazo de entrega — lembrando que, a partir da segunda quinzena, o consumidor já está mais propenso a consumir graças ao recebimento da primeira parcela do décimo terceiro salário.

*A Cyber Monday (27), voltada mais a produtos eletrônicos, é uma boa oportunidade para vender estoques remanescentes da Black Friday.

*Assim como outubro, novembro é momento de obter ganhos institucionais com campanhas relacionadas ao Novembro Azul, mês de conscientização da saúde do homem.

Dezembro

*O mês ainda é o mais importante quando falamos de vendas. Para se ter uma ideia, o faturamento das lojas de vestuário, tecidos e calçados em dezembro do ano passado foi mais de 50% superior ao de novembro. Com o alto movimento das lojas, inclusive com extensão de horário de funcionamento, a preocupação deve ser com a qualidade dos atendimentos presencial e online. Além disso, é importante planejar uma possível efetivação dos funcionários temporários.

FONTE: fecomercio.com.br

Comments


bottom of page