top of page

Brasil criou 83,3 mil vagas formais de emprego em janeiro

Entre os setores da economia, apenas Comércio registrou saldo negativo, com o fechamento de 53.524 vagas no mês


O Brasil criou 83.297 vagas com carteira assinada em janeiro, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira, 9/03, pelo Ministério do Trabalho. O resultado decorreu de 1.874.226 de admissões e de 1.790.929 de demissões. No mesmo mês de 2022 foram criadas 167.269 vagas, na série com ajustes.

A criação de vagas em janeiro foi puxada pelo desempenho do setor de serviços, com a criação de 40.686 postos formais. O setor foi seguido pela construção, que abriu 38.965 vagas. Na indústria geral, houve abertura de 34.023 vagas em janeiro, enquanto houve um saldo positivo de 23.147 postos de trabalho no agronegócio.


O comércio registrou o fechamento de 53.524 vagas no mês.


No primeiro mês do ano, em 16 das 27 Unidades da Federação foram registrados resultados positivos no Caged. O melhor desempenho foi novamente registrado em São Paulo, com a abertura de 18.663 postos de trabalho.


Já o pior resultado foi registrado no Ceará, com o fechamento de 3.033 postos de trabalho.

O salário médio de admissão nos empregos com carteira assinada chegou a R$ R$ 2.012,78 em janeiro. Comparado ao mês anterior, houve aumento real de R$ 88,80, alta de 4,62%.


FONTE: dcomercio.com.br

Comments


bottom of page