Com inflação em queda, consumidor demonstra mais otimismo em relação ao futuro da economia

“Economix” também analisa a ata do Copom sobre a interrupção do ciclo de alta dos juros

O Brasil deve ter, em setembro, mais um período de deflação. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), prévia do indicador oficial, apontou queda de 0,37% no mês. No acumulado em 12 meses, a taxa cedeu de 9,6%, em agosto, para 7,96%. Além disso, o Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central (Bacen), divulgou a ata da reunião na qual decidiu pela interrupção do ciclo de alta dos juros.

Diante do arrefecimento do processo de elevação dos preços, o Economix – podcast de economia e negócios da FecomercioSP – desta sexta-feira (30) avalia como a autoridade monetária planeja conduzir a desinflação da economia nacional.

O programa também discorre sobre a melhora da confiança do consumidor, com destaque para as expectativas, que atingiram nível semelhante ao período pré-pandemia.

No cenário internacional, a edição analisa por que os norte-americanos estão mais otimistas quanto à situação presente do que em relação ao futuro, além da decisão curiosa do governo chinês de conter a desvalorização do iuan, artifício por meio do qual o gigante asiático potencializou as exportações nas últimas duas décadas.

Ademais, também é assunto do episódio as contradições da economia britânica. Apesar da inflação elevada, o governo da premiê Liz Truss anunciou um programa de corte de impostos, de modo que o Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), o banco central do Reino Unido, comunicou a intenção de intervir no mercado para contornar a situação.

FONTE: fecomercio.com.br