Comitê de Logística Reversa debate necessidade de campanhas educativas para conscientizar consumidor




O Brasil é responsável pela geração de mais de 2 milhões de toneladas de eletroeletrônicos por ano e está entre os cinco países que mais geram resíduos pelo descarte dos equipamentos eletroeletrônicos pós-consumo, de acordo com dados da Organização das Nações Unidas (ONU). Esta produção significa cerca de 10 quilos de material por brasileiro. No entanto, apesar dos números alarmantes, quando se considera o impacto no meio ambiente, muitos consumidores ainda têm dúvidas sobre o descarte correto destes equipamentos.

Neste sentido, ações educativas são extremamente necessárias para a conscientização da população, conforme pesquisa realizada, em maio deste ano, pela Green Eletron – Gestora para Logística Reversa de Equipamentos Eletroeletrônicos, fundada pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), em 2016 –, em parceria com a Radar Pesquisas.

Os resultados foram compartilhados durante a reunião do Comitê de Logística Reversa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), realizada no dia 5 de novembro.

Na ocasião, o representante da Green Eletron, Ademir Brescansin, demonstrou a importância sobre as ações de comunicação com os consumidores pelos estabelecimentos comerciais. Muitos comerciantes já fazem parte do sistema de Logística Reversa (LR) de eletroeletrônicos e disponibilizam pontos de entrega.

O evento também discutiu sobre a LR de pilhas e baterias portáteis, obrigatória a todos os comerciantes que vendem tais produtos, de acordo com a Resolução Conama 401/2008. Neste sistema, os comerciantes recebem dos consumidores os itens pós-consumo e os repassam aos fabricantes e importadores para a destinação ambientalmente adequada, conforme previsto pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), Lei 12.305/2010, e pela Resolução 045/2015, da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo (Sima).

A FecomercioSP, que, desde 2016, participa da LR de pilhas e baterias portáteis no Estado de São Paulo, atua constantemente em prol dos sistemas de LR que visam ao descarte correto dos produtos pós-consumo, participando de termos de compromisso. Além disso, a Entidade disponibiliza informações e soluções para o comerciante em: https://www.fecomercio.com.br/projeto-especial/logistica-reversa.

É importante ressaltar que, mesmo aqueles que não tenham condições de oferecer coletores nos estabelecimentos em razão da limitação de espaço ou de outros aspectos, a FecomercioSP oferece materiais para divulgação, nos quais podem ser consultados os pontos de entrega dos sistemas de LR para descarte dos produtos pós-consumo pelos consumidores.