top of page

Empresários estão confiantes em relação às vendas de Páscoa; diz Boa Vista

O ticket médio esperado para a data neste ano é de aproximadamente R$ 179


Pesquisa da Boa Vista aponta que 63% dos empresários brasileiros acreditam em aumento do volume das vendas na Páscoa desse ano em relação à mesma data do ano passado. Apenas 10% creem em diminuição das vendas, enquanto os 27% restantes esperam vendas iguais.


A pesquisa também identificou que 59% dos empresários acreditam que os consumidores irão gastar mais nesta Páscoa em relação à passada. Já 16% esperam gastos iguais aos do ano passado e 25% esperam que o consumidor gaste menos em 2023.


Segundo as expectativas dos empresários, o ticket médio da Páscoa para este ano será de aproximadamente R$ 179. Para a maior parte dos empresários (64%), as vendas de Páscoa devem representar de 1% a 10% do total de vendas no ano.


O levantamento mostra ainda que 92% dos empresários pretendem investir para aumentar as vendas nessa data. A principal ação nesse sentido será vender por meio das redes sociais, seguida de vender pelo próprio site, e criar novas promoções para a data.


“O investimento em canais de venda on-line continua sendo importante para quem busca atingir seu público-alvo e tornar algumas marcas mais conhecidas no mercado. Boa parte dos empresários ainda considera isso difícil num mercado competitivo, com marcas bem consolidadas, mas a internet e as redes sociais parecem ser os melhores meios de se conseguir isso”, explica Flavio Calife, economista da Boa Vista.


CANAIS DE VENDA

O e-commerce será o principal canal de vendas da Páscoa, para 39% dos empresários. Porém, as lojas físicas seguem como o canal principal para uma boa parcela dos empresários: 37%. Já 12% vão utilizar ambos os canais, porém com maior foco no físico, e outros 12% farão o mesmo, com foco nas vendas on-line.


Questionados pela Boa Vista sobre o porquê de apostar nas redes sociais, as respostas mais citadas foram, nessa ordem: divulgar produtos e serviços; estreitar relacionamento com o cliente; e obter inspiração para novas criações.


EXPECTATIVAS PARA O ANO

A Boa Vista também questionou os empresários sobre as expectativas para a retomada econômica em 2023. Do total dos entrevistados, 28% disseram estar muito confiantes, enquanto 23% se dizem confiantes. Por outro lado, 29% se consideram pouco confiantes, e 20%, nada confiantes.


De acordo com os empresários, os principais desafios para 2023 são, nessa ordem: conseguir ampliar a sua atuação no mercado; realizar vendas nas redes sociais; e driblar a inadimplência do negócio.


Por fim, 73% dos empresários ouvidos pela Boa Vista afirmaram que vão precisar de crédito para alavancar os negócios. Dentre eles, 81% vão procurar crédito nos bancos.



FONTE: dcomercio.com.br

bottom of page