Preços das passagens aéreas, aluguel e turismo puxam pra baixo inflação sobre serviços

Movimento reflete principalmente a redução de 12,07% nos preços de passagens aéreas em agosto, após quatro meses seguidos de alta. As informações são do Valor Econômico.


A inflação de serviços desacelerou de 0,80% em julho para 0,28% em agosto, pelos dados do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


O movimento reflete principalmente a redução de 12,07% nos preços de passagens aéreas em agosto, após quatro meses seguidos de alta (período em que acumulou alta de 55,78%), segundo o gerente do índice, Pedro Kislanov.


Além disso, houve desaceleração da alta de preços de aluguel residencial (de 0,97% em julho para 0,55% em agosto) e de serviços ligados ao turismo, como aluguel de veículos (de 13,39% em julho para 1,42% em agosto), transporte por aplicativo (de 0,72% em julho para -1,06% em agosto), hospedagem (de 2,44% em julho para 1,52% em agosto) e pacote turístico (de 2,70% em julho para 0% em agosto).


Com o dado de agosto, o resultado acumulado em 12 meses desacelerou de 8,87% em julho para 8,76% em agosto. “Esse resultado vinha tendo altas desde meados do ano passado e agora teve essa desaceleração. A menor taxa de agosto foi puxada principalmente pela queda em passagens aéreas, desaceleração em aluguel e em serviços ligados ao turismo”, disse. Valor Econômico.


FONTE: diariodoturismo.com.br