Preços de imóveis residenciais sobem em julho

Aumentos em Curitiba, Vitória e Maceió se destacaram entre 16 capitais no mês, segundo o índice FipeZap


O preço médio dos imóveis residenciais no Brasil subiu 0,52% em julho, segundo o índice FipeZap. A variação ficou acima da inflação registrada no período pelo IPCA/IBGE (0,13%) e pelo IGP-M (0,21%).

O índice acompanha o comportamento dos preços de venda de imóveis residenciais em 50 cidades brasileiras. Entre elas, 45 apresentaram elevação nos preços de venda. Considerando as 16 capitais acompanhadas pelo índice, todas registraram elevação nos preços, com destaque para Curitiba (1,92%), Vitória (1,90%), Maceió (1,40%), Goiânia (1,37%) e Salvador (1,18%).

Nos últimos 12 meses, o índice registra alta acumulada de 5,97%, variação inferior à inflação medida pelo IPCA/IBGE (10,97%) e pelo IGP-M (10,08%).

Entre as 16 capitais monitoradas, os maiores avanços de preço nos últimos 12 meses foram registrados em Vitória (21,94%), Goiânia (20,25%), Curitiba (16,70%), Maceió (15,30%) e Florianópolis (13,42%).

FONTE: EXAME.COM e FIPEZAP