Rede de lojas de materiais de construção investe na aceleração digital e em novos formatos

Executivo da Telhanorte Tumelero conta como aconteceu a evolução tecnológica da companhia, acelerada pela pandemia; ouça

Nesta semana o Mercado & Perspectivas, podcast da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), recebe Jorge Gonçalves, diretor de Novos Negócios da Telhanorte Tumelero – maior varejista do setor em números de pontos de vendas: 72 lojas, 7 centros de distribuição e cerca de 4 mil colaboradores. Na conversa, Gonçalves fala um pouco a respeito do novo perfil de consumo, além de novos formatos, aceleração digital e integração da rede nos últimos meses.


Assim como muitas empresas, a Telhanorte Tumelero precisou se adaptar para seguir com as atividades no período da crise de covid-19. Segundo o diretor, a empresa passou por dois desafios: a preparação para continuar a atender os clientes a distância e, depois, ao voltar para o ambiente físico, a manutenção dos cuidados de higiene, com a utilização de álcool, luvas e máscaras.

Foi neste período que se deu início à evolução digital da empresa. Para seguir atendendo às demandas do consumidor, a Telhanorte Tumelero implementou os serviços de canais digitais com o WhatsApp, o “Clique e Retire” e, ainda, a assistente virtual, Tina, que auxilia os vendedores a encontrar o meio mais assertivo de atendimento. Na opinião de Gonçalves, Tina é o “Google” da companhia.

Na gravação, o diretor ainda comenta outro grande movimento de atualização: a integração de canais, já que, atualmente, o consumidor deseja escolher como quer fazer a compra. “Independentemente do serviço, o cliente quer se sentir único”, afirma.

Novos formatos

Com foco em diversificar e expandir os negócios, a empresa desenvolveu alguns projetos nos últimos anos, apostando na abertura de estabelecimentos de bairro e lojas itinerantes, com caminhões equipados, prontos para atender o consumidor. Além disso, inaugurou uma loja de atacarejo, em Campinas, e uma loja de tintas, na região da Lapa.

FONTE: fecomercio.com.br