top of page

Registros de inadimplentes aumentam 1,1% em janeiro

Foi a sétima alta seguida na base de dados do birô de crédito


Os registros de inadimplentes no banco de dados da Boa Vista cresceram 1,1% em janeiro, na comparação a dezembro de 2022. Essa foi a sétima alta seguida do indicador, que abrange todo o território nacional.


Na comparação interanual o avanço da inadimplência foi ainda mais forte (27,7%), o que fez a curva de longo prazo, medida pela variação acumulada em 12 meses, permanecer em trajetória de crescimento acelerado, passando de 19,9% para 20,8% entre os meses de dezembro e janeiro.


“Tem sido difícil para as famílias manterem as contas em dia. O cenário é delicado, as projeções para 2023 não são animadoras e este caminha para ser mais um ano de alta nos registros de inadimplentes”, diz Flávio Calife, economista da Boa Vista.


RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO

O indicador de Recuperação de Crédito da Boa Vista caiu 2,1% na comparação mensal. Em relação ao mês de janeiro do ano passado, o indicador subiu 18,9% e o resultado acumulado em 12 meses também acelerou, de 15,4% para 15,9%.


“Esse crescimento forte se deve, em parte, ao aumento no número de registros. É esperada uma desaceleração de ambos [inadimplência e recuperação de crédito] em 2023 e há outros fatores que podem, de certa forma, acelerar essa dinâmica, como o programa do governo federal que promete tirar uma parte da população da inadimplência por meio da renegociação das dívidas”, diz Calife.


FONTE: dcomercio.com.br

Comments


bottom of page