Turismo de vingança marca retomada de viagens

A retomada das viagens vem surpreendendo e sinalizando expectativas positivas para o mercado de turismo em 2022. O setor já percebe suas atividades em crescimento.


Segundo dados da Pesquisa Mensal de Serviços de janeiro deste ano, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o segmento já acumula crescimento de 69,6% nos últimos meses.


Outro estudo, realizado em dezembro de 2021 pelo setor de Inteligência de Mercado da Globo, revela que 43% dos entrevistados estão guardando dinheiro para viajar nos próximos seis meses.


Uma das tendências impulsionando o mercado de turismo este ano é o “revenge travel” ou, em tradução livre, viagem de revanche ou vingança”.


A expressão remete à necessidade de, depois de dois anos de restrições, as pessoas de viajarem e viverem momentos importantes com experiências ao ar livre e foi mencionada na Revista de Tendências do Turismo, lançada pelo Ministério do Turismo este ano.


O comportamento dos consumidores pode ser percebido em todo o Brasil e tem turbinado a retomada em praticamente todos os setores do mercado de turismo, das viagens aéreas à venda de pacotes, assim como também na ocupação hoteleira.


“Tivemos um primeiro semestre muito positivo, com o hotel lotado em diversas ocasiões. Sentimos que as as pessoas querem compensar o tempo recluso e os turistas estão prontos para investir em viagens a destinos especiais, exigindo cada vez mais serviços de alto padrão, com conforto e qualidade”, comenta o diretor do NH Curitiba The Five, Antônio de Albuquerque.


O executivo estima um crescimento médio de 20% no número de hóspedes do hotel durante o mês de julho, na comparação com a média dos primeiros seis meses de 2022.


Fonte: Diário do Comércio.