top of page

Vendas do varejo caem 0,6% em novembro, aponta IBGE

No ano, o varejo acumula alta de 1,1% nas vendas e em 12 meses, de 0,6%


As vendas do comércio varejista caíram 0,6% em novembro ante outubro, na série com ajuste sazonal, informou nesta quarta-feira, 11/01, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Na comparação com novembro de 2021, sem ajuste sazonal, as vendas do varejo tiveram alta de 1,5% em novembro.


As vendas do varejo restrito acumularam crescimento de 1,1% no ano, que tem como base de comparação o mesmo período do ano anterior. No acumulado em 12 meses, houve alta de 0,6%, ante avanço de 0,1% até outubro.


VAREJO AMPLIADO

Quanto ao varejo ampliado, que inclui as atividades de material de construção e de veículos, as vendas caíram 0,6% em novembro ante outubro, na série com ajuste sazonal.

Na comparação com novembro de 2021, sem ajuste, as vendas do varejo ampliado tiveram baixa de 1,4% em novembro.


As vendas do comércio varejista ampliado acumularam recuo de 0,6% no ano. No acumulado em 12 meses, houve queda de 0,8%, ante recuo de 1,0% até outubro.


PRÉ-PANDEMIA

O volume de vendas do varejo chegou a novembro de 2022 em patamar 2,6% acima do nível de fevereiro de 2020, no pré-pandemia. No varejo ampliado, as vendas operam 1,6% abaixo do pré-pandemia.


O segmento de artigos farmacêuticos opera em patamar 22,4% acima do pré-crise sanitária; combustíveis e lubrificantes, 12% acima; e supermercados, 4% acima.


Os veículos estão 9,3% aquém do nível de fevereiro de 2020; material de construção, 0,6% aquém; móveis e eletrodomésticos, 11,7% abaixo; vestuário, 24,1% abaixo; equipamentos de informática e comunicação, 12,9% abaixo; outros artigos de uso pessoal e domésticos, 3% abaixo; e livros e papelaria, 37,6% abaixo.


Após o recuo de 0,6% no volume vendido em novembro ante outubro de 2022, o varejo passou a operar 3,6% abaixo do pico, alcançado em outubro de 2020, dentro da série histórica da Pesquisa Mensal de Comércio, iniciada em 2000.


Já o varejo ampliado, que também caiu 0,6% em novembro ante outubro de 2022, está em nível 7,5% aquém do ápice registrado em agosto de 2012.


REVISÃO

O IBGE revisou o resultado das vendas no varejo em outubro ante setembro de 2022, de um avanço de 0,4% para uma alta de 0,3%. No varejo ampliado, a taxa de outubro ante setembro saiu de aumento de 0,5% para elevação de 0,2%.



FONTE: dcomercio.com.br

bottom of page