Sindtur recebe empresários do setor de beleza

O encontro contou com a presença dos principais nomes da cidade de Ribeirão Preto.


Na última terça-feira, 13 de julho, o Sindtur recebeu os principais empresários da área da beleza para um bate-papo.

A ideia é criar uma força para a categoria de cabelereiros, através de um grupo de pessoas influentes do setor, já que esse foi um dos setores mais impactados negativamente com as medidas de restrições adotadas pelo poder público.

A iniciativa foi tomada levando em consideração os impactos da pandemia aos salões de beleza. Segundo o resultado de uma enquete feita pelo SEBRAE e divulgada pelo Uol, 9 de cada 10 micro e pequenas empresas que prestam serviço para beleza, como salões, barbearias, ateliês e estúdios de maquiagem, afirmam ter perdido faturamento por causa das medidas de isolamento social. A perda média do faturamento foi de 57%.

E mesmo não sendo os principais responsáveis pela disseminação do vírus, já que esses locais seguem normas e padrões da vigilância sanitária, o mesmo levantamento revela que conforme enquete, 62% das micro e pequenas empresas do segmento de beleza descrevem que interromperam o funcionamento temporariamente e 5% encerraram em definitivo.

O objetivo principal dessa equipe que compareceu no Sindtur é criar uma representatividade aos empresários do ramo para fazer estudos e até mesmo organizar encontros com os órgãos públicos, buscando a melhoria para os profissionais da cidade.

No encontro foi destacado a importância da unidade entre os empresários, para uma comunicação forte, com base em números e fatos do setor. Além dos próximos passos, para que futuramente seja criada uma comissão oficial.

O evento contou com mais de 30 profissionais, que definiram já o primeiro grupo de estudos para viabilizar as ações. Composto de 7 pessoas, ele é um embrião para projetos futuros e começo das atividades para criar essa representatividade ao setor.